‘Imagine’, de Lennon, é adaptada em livro para criança

0
98

Em projeto comandado por Yoko Ono, canção inspira obra editada pela Flamboyant e ilustrada pelo francês Jean Jullien

Madri – Pássaros de diferentes cores e tamanhos acolhidos por uma pomba. Estes são os protagonistas de um livro ilustrado que, sob o título de Imagine, ensina aos pequenos e pequenas a mensagem de paz da canção revolucionaria que John Lennon compôs em 1971. Sua viúva, Yoko Ono, é quem assina o prefácio.

“Devemos tratar todas as pessoas da mesma maneira, não importa o lugar onde vivem nem a língua que falem, como a pomba deste livro, que aceita todos os outros pássaros, sem ligar para a cor de suas penas ou a forma de seu bico”, diz Yoko no prefácio do livro da editora Flamboyant, que reproduz a letra da famosa canção com ilustrações do artista gráfico francês Jean Jullien.

O Dia Internacional da Paz, 21 de setembro, foi o escolhido para a publicação do livro, que ocorrerá simultaneamente em vários países e cujos direitos serão inteiramente destinados à Anistia Internacional, organização que tem Imagine como hino oficial.

Com suas ilustrações, Jullien expressou os valores da tolerância e do respeito para com a humanidade que Lennon defendeu em sua canção, da qual Yoko será declarada coautora.

É um livro muito especial para a viúva de Lennon que, no prefácio, expressa a alegria de ver o texto escrito por seu marido em uma obra “muito bonita”.

“Com Imagine, ele escreveu uma canção que pedia paz em todo o mundo”, e hoje precisamos de mais paz do que nunca, “por isso, suas palavras ainda são muito importantes”, diz.

“Todos nós queremos ser felizes e nos sentir seguros. E todos podemos fazer nossa parte para tornar o mundo um lugar melhor. Devemos sempre trazer amor no coração e cuidar um do outro. Devemos sempre compartilhar o que temos e defender aqueles que não recebem tratamento justo.”

É isso que faz a pomba protagonista. Depois de viajar de metrô com uma bolsa cheia de ramos de oliveira, ela levanta voo e vai para o mar. A bordo de um barco, a pomba consegue mediar uma briga entre duas gaivotas por causa de um peixe. Depois, abriga vários pássaros entre suas penas, para levá-los ao alto de um poste.

Os pássaros podem ser tão sonhadores quanto a pomba, mas a ajudam a espalhar seus ramos e a levar seu desejo de paz e tolerância a todo o mundo. Embora o livro se destine a crianças de 5 a 12 anos, a editora acredita que seguir a letra desse “hino do mundo” também é uma boa oportunidade para os adultos compartilharem essa mensagem de paz com filhos e netos.

Junto com o livro, a editora organizou um concurso de desenho em escolas, na esperança de que as crianças se envolvam no projeto. Para tanto, terão de desenhar um pássaro com a forma e as cores de sua preferência. A igualdade e a diversidade que Yoko destaca em seu prefácio incentivam as crianças a serem gentis com todos, não apenas com a família ou os amigos.