Exposição é removida de museu chinês por ser acusada de racismo

A exposição colocava ao lado das fotos de animais, imagens de pessoas negras com expressões faciais semelhantes

0
44
foto reprodução - Youtube Exposição China

A mostra “This is Africa”, que estava no Museu Hubei Provincial na capital da província Hubei, na China, exibia como uma comparação, lado a lado, fotografias de animais e pessoas negras com expressões semelhantes.

Em uma das obras uma criança negra é colocada ao lado de um chimpanzé, enquanto outra mostra um homem negro mostrando os dentes ao lado da imagem de um leão, realizando expressões similares.

A autoria da exposição, que esteve aberta ao público por três semanas e teve mais de 170 mil visitantes, é do fotógrafo Yu Huiping . Ele, que é vice-presidente da Associação Hubei Photographers, já visitou o continente africano mais de 20 vezes e depois da decisão do museu de retirar a exposição não comentou sobre o caso.

O curador da exposição Wang Yuejun afirmou em comunicado que a decisão de colocar as fotos das pessoas e de animais juntos foi dele e não do fotógrafo. Ele argumenta que na China a comparação entre pessoas e animais é considerada um elogio e que “o alvo da exibição é principalmente o público chinês”. Mas, reconhece após as críticas que essa disposição das fotos atingiu os sentimentos das pessoas e que foram removidas para “demonstrar respeito pela opinião dos amigos africanos”. Assista aqui o vídeo feito dentro da exposição.