Confira dicas de economistas para bom uso do 13º

Prioridade deve ser o pagamento de dívidas

0
27
Pensando em usar o 13º salário para quitar as dívidas acumuladas ao longo do ano ou já de olho nas compras de natal?
De acordo com as expectativas dos lojistas é de que boa parte desse valor seja revertido em compras para as festividades natalinas e por isso, muitas já preparam promoções para a temporada.
Mas, segundo avaliação de economistas, o que deve ter prioridade é a quitação de dívidas. Há o entendimento de que com isso a tendência é que o quadro se reverta numa situação favorável para o comércio, já que a queda na inadimplência é positiva para o setor.
Uma pesquisa divulgada no início desse mês pelo Ipead (Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais) da UFMG revela que a maior parte dos mineiros pretende usar o 13º salário para pagar contas em atraso e quitar dívidas, por exemplo, para garantir um final de ano tranquilo.
O momento é de cautela, na avaliação de especialistas, principalmente por conta do endividamento da população. Confira algumas dicas para um uso prudente da quantia extra:
  • Priorizar o pagamento de dívidas com juros altos: É apontado que uma boa maneira de diminuir as contas em atraso é eliminar primeiro as que possuem juros muito altos e que geram o efeito “bola de neve” como as do cartão de crédito.
  • Guardar uma parte do recurso: Pensando nos custos fixos do início do ano como IPTU e IPVA. A dica é reservar uma parte do recurso deste fim de ano para quitar com desconto esses valores
  • Ser cauteloso nas compras de final de ano: Aconselha-se um bom planejamento em relação às compras novamente pensando em poupar uma parte ou em não fazer dívidas que comprometam o orçamento do próximo ano.