Marca usa foto de criança negra com agasalho que cita “macaco” e é acusada de racismo

“Coolest monkey in the jungle”, que em tradução para o português soa como “o macaco mais legal da selva” é o dizer estampado na roupa da foto acusada

0
34
Após repercussão na internet a H&M retirou do ar o anúncio e emitiu um pedido de desculpas. A publicação original teve mais de mil comentários que acusavam a marca de origem sueca Hennes & Mauritz de racismo.
A marca H&M, por sua vez, emitiu posicionamento com um pedido de desculpas através de um comunicado enviado à emissora norte-americana CBS, “Nós sinceramente pedimos desculpas por esta imagem. Ela já foi removida de todos os sites e o produto não será comercializado nos Estados Unidos. Nós acreditamos na diversidade e inclusão em tudo o que fazemos, e vamos rever nossas atividades cotidianas”.