O incansável Nill Marcondes

0
703

 Só neste ano ele já participou da novela “Escrava Mãe”,  de exibições de peças em CEU’s de São Paulo e agora está em Copacabana, no Rio de Janeiro, com o espetáculo “Race”.

O incansável Nill Marcondes nem pensa em parar e busca cada vez mais espaço para o negro na sociedade brasileira. Ele que começou a atuar em comerciais televisivos vai completar vinte anos de carreira.

Afrobrasileiros: Neste ano você completa 20 anos de carreira, desde sua participação na novela Xica da Silva. O que mudou na vida do ator negro no Brasil de lá para cá?

Nill Marcondes: Bom… quanto ao cenário de comercias de tv melhorou um pouco, pois acredito que as cotas ajudaram neste contexto. Na dramaturgia ainda não vejo os negros em papeis de destaque.

Afrobrasileiros: Como se deu seu início na carreira de ator?

Nill Marcondes: Eu já estava em São Paulo realizando trabalhos como modelo. Já fazia bastante comercias, inclusive tendo que decorar texto. Então, naturalmente fui me tornando ator com as chances que me foram concedidas.

whatsapp-image-2016-09-08-at-23_44_17

Afrobrasileiros: Você acredita que caso não fosse negro, com sua trajetória como ator poderia ter alcançado um outro patamar atualmente em sua carreira?

Nill Marcondes: Com certeza. Com a quantidade e qualidade dos meus trabalhos sem duvidas poderia ter alcançado um maior destaque.

Afrobrasileiros: Você acredita que sua luta como um ator negro é uma forma de resistência?

Nill Marcondes: Sim. Ser ator e ser polivalente. No meu caso sou dublador, faço cinema, teatro… Além de tudo isso, para ser ator no Brasil tem que entender inclusive de economia (Risos).

Afrobrasileiros: Nestes 20 anos, em algum momento, você pensou em abandonar a atuação?

Nill Marcondes: Eu abandonar? NUNCA só se me abandonarem.

Afrobrasileiros: O que esperar do Nill Marcondes em 2017?

Nill Marcondes: Muito Trabalho e dedicação ao meu povo negro . Pois tentarei mudar essas estáticas que no mantém embaixo.

Quer conferir Nill Marcondes no teatro?

whatsapp-image-2016-09-08-at-23_44_15

“Race”

Teatro Glaucio Gil – Praça Cardeal Arcoverde, s/n – Copacabana – Rio de Janeiro. De sábado à segunda, sempre às 20h00, até 26 de setembro.

 

Autor: Rejane Romano