Sesc Vila Mariana apresenta o Projeto Sankofa, com manifestações da cultura negra da diáspora em diversas linguagens

0
976

A partir de novembro, a programação inclui shows, espetáculos de dança, cinema, cursos e esportes, com destaque para shows de Anelis Assumpção e ciclo de cinema.
O Sesc Vila Mariana será um espaço de resistência da cultura negra e suas ramificações pelo mundo a partir do mês de novembro. A Unidade promove a segunda edição do Projeto Sankofa Memórias de Mão Dupla, com uma programação diversificada, que abrangeartes visuais, cinema, música, dança,atividade física e contação de histórias, com espetáculos, oficinas,vivências, cursos, exibição de curtas e longas-metragens, bate-papos, mediações e outras ações, em diversos espaços. Com o olhar voltado para o Dia da Consciência Negra (20/11), as atividades estimulam a reflexão sobre o histórico de violência contra os africanos escravizados no Brasil e também buscam incentivar obras simbólicas do legado cultural dos negros e afrodescendentes.

O Projeto Sankofa Memórias de Mão Dupla chega à sua segunda edição a partir de novembro de 2015. As primeiras atividades foram realizadas em outubro de 2014. No cerne das ações e atividades programadas para este mês, a revitalização e revalorização das contribuições do continente africano para a cultura brasileira e para o universo da cultura negra diaspórica, a partir da ideia de memórias de mão dupla. O próprio nome do projeto já enuncia suas intenções, ao utilizar um termo que remete a um ideogramaadinkra, da arte tradicional do povo Akan do Golfo da Guiné: Sankofaassocia-se às ideias de retornar ao passado para resgatar algo. Na simbologia do ideograma, encontramos os três períodos temporais: olhamos para o passado para entender o presente e construir um novo futuro, um futuro diferente.

Dentre as atividades agendadas para novembro, destaque para as apresentações de Anelis Assumpção, que apresenta seu álbum “Anelis Assumpção e os Amigos Imaginários”, um ciclo de cinema com obras oriundas do continente africano e também do Brasil, sobre as temáticas da cultura negra contemporânea e vivências e workshops de dança africana.

A programação do Projeto Sankofa Memórias de Mão Dupla terá prosseguimento nos próximos meses.

CINEMA e VÍDEO

As atividades iniciam-se já no dia 6, com a primeira sessão da Exibição de Curtas: Cinema Negro. Nas exibições, que acontecerão em todas as sextas-feiras até o dia 18/12 (exceto no dia 20/11), curtas-metragens que discutem a ancestralidade negra no Brasil. Ainda na programação de Cinema e Vídeo, durante os sábados do mês acontecerão sessões especiais do Cinesábado, contemplando a temática do Projeto Sankofa: serão exibidos títulos como Alma no Olho (Zózimo Bulbul, 1974, Brasil), Kbela (Yasmin Tainá, 2015, Brasil), e “Preço do Amor” (Hermon Hailey, 2014, Etiópia) no dia 7, Mumbi (Viviane Ferreira, 2010, Brasil), “Cinzas” (Larissa Fulana de Tal, 2015, Brasil) e Afripédia Senegal e Angola (Teddy Goiton, 2014, Etiópia), no dia 14, “Carolina” (Jefferson De, 2003, Brasil), e Preço do Perdão (Mansour Sora Wade, 2001, Senegal), no dia 21, e Hoje é Dia de Jerusa (Viviane Ferreira, 2014, Brasil) e “Gênesis” (Cheik Omar Sissoko, 1999, Mali) no dia 28. A programação segue em dezembro, com exibição de outras obras, inclusive com uma retrospectiva de Zózimo Bulbul. A curadoria da mostra é do Centro AfroCarioca de Cinema. A série “Diz Aí: Extermínio da Juventude Negra”, de Claudio Maneja Jr e Victor Luiz dos Santos também será exibida, de terça a domingo, das 10h às 21h30.

kazuy8tpopaah6mqrlhhgdzorykra2bssszbuqhclxu

Cinesabado e Sankofa Kbela (Imagem Reproducao)

DANÇA

Já no dia 7, o Projeto Sankofa segue com a programação de dança. O Grupo Gumboot Dance Brasil apresenta o espetáculo Yebo , às 17h. Além do espetáculo, que será reapresentado no dia 19/12, o grupo promove um workshop em que apresentará as técnicas do Gumboot Dance aos interessados, no dia 27, às 19h. A Trupe Benkady traz sua participação, com o espetáculo Diálogos Ancestrais , em que propõe uma conversa entre os ritmos e movimentos tradicionais da cultura Mandingue, no dia 14, às 17h30. A cultura Mandingue será o tema de outra atividade, no mesmo dia: a Vivência de Dança Africana , comFlávia Mazal, às 15h. No final do mês (29/11), é a vez do encontro Macumba Jam , com a Cia. Treme Terra a atividade é aberta a capoeiristas, músicos, dançarinos, batuqueiros e brincantes e promete criar um espaço aberto de experimentações e improvisações.

MÚSICA

A programação musical do Projeto Sankofa começa no dia 8, às 16h30, com o show do rapper Ba Kimbuta, que traz o repertório do álbum Universo Preto Paralelo para a Praça de Eventos da Unidade. Nas duas semanas que se seguem, o Sesc Vila Marianarecebe vários shows: Anelis Assumpção apresentando seu disco Anelis Assumpção e os Amigos Imaginários nos dias 12 e 13 Carlos Dafé, multi-instrumentista pioneiro da soul music no brasil no dia 20Batucada Tamarindo, com sambas do recôncavo baiano, afoxés e samba de roda no dia 21 Congada do Parque São Bernardo, com Mestre Ditinho, no dia 22, e Bukasso e Banda Mutoto, que apresenta sua mescla da sonoridade brasileira às guitarras Soukous Music , da República Democrática do Congo no dia 29. A oficina Jogos e Brincadeiras de Moçambique , do projeto Ensino de Música para Educadores, também fará parte da programação do Projeto Sankofa. A atividade acontece às quartas, de 11 a 25/11.

esrycuvz1zwyc_tnwwaoccws_evbfkguztkwrwtuzx4

Batucada Tamarindo (foto: Fernando Eduard)

ARTES VISUAIS

As artes visuais também estão presentes na programação do projeto, com o curso A Representação do Negro nas Artes Visuais , com Juliana dos Santos, de 17/11 a 8/12, sempre às terças, às 19h.

MAIS ATIVIDADES

No final de semana dos dias 14 e 15, a oficina Construção de Bonecas Abayomi apresenta a técnica das tradicionais bonecas e seu universo simbólico. Aos sábados, de 21/11 a 19/12, o contador de histórias Oswaldo Faustino apresenta o espetáculo Luana e as Sementes de Zumbi , em que uma menina remanescente dos quilombos acorda assustada, ouvindo tambores e um chamado de esperança. A contação acontece sempre às 15h30.

As atividades físicas também estão na programação do Projeto Sankofa, com apresentações de Capoeira e Maculelê, nos dias 7, 8 e 21/11 e 5/12, com aAssociação Casa Grande e Senzala.

t6yr0s4_zin7l2ci_ybxhw3xfmauid0tfpv-vm6du-u

Capoeira e Maculele (foto: Karol Endrigue)

O Clube de Leitura terá uma edição especialmente pensada para o projeto, no mês de novembro: a obra Ualalapi, do escritor moçambicano Ungulani Ba Ka Khosa, será o livro escolhido para os participantes debaterem e compartilharem suas experiências, dúvidas e impressões de leitura. A mediação do encontro, que acontece no dia 26, será de Allan Rosa, historiador e arte-educador.

Serviço:
Projeto Sankofa Memórias de Mão Dupla
A partir de 6 de novembro

CINEMA E VÍDEO

Exibição de Curtas: Cinema Negro
De 6 de novembro a 18 de dezembro, sextas-feiras, das 20h às 20h40 (exceto dia 20/11)
Local:Praça de Eventos(capacidade: 250 pessoas)
Livre
Grátis

Diz aí: Extermínio da Juventude Negra
De 19/11 a 31/01/2016, terça a domingo
Sala de Leitura, de terça a sexta, das 9hàs 21h30 sábados, domingos e feriados, das 9h às 18h30
Espaço de Tecnologia e Artes, de terça a sexta, das 13h30 às 21h sábados, domingos e feriados, das 10h30 às 18h
Livre
Grátis

Cinesábado
Cinema Negro Brasil/África: Itinerância Centro AfroCarioca de Cinema Zózimo Bulbul

Dia 7
Alma no Olho (Dir. Zózimo Bulbul, Brasil, 1974, 11 min, P&B)
Kbela (Dir. Yasmin Tainá, Brasil, 2015, 15 min, Cor)
Preço do Amor (Dir. Hermon Hailay, Etiópia, 2014, 99 min, Cor)
Bate-papo com Biza Vianna, diretora executiva do Centro AfroCarioca de Cinema e os cineastas Viviane Ferreirae Jefferson De
Sábado, das 13h30 às 16h30
Auditório (128 lugares)
Não recomendado para menores de 12 anos
Grátis | Retirada de ingressos com 1 hora de antecedência na Central de Atendimento

Dia 14
Mumbi (Dir. Viviane Ferreira, Brasil, 2010, 7 min, Cor)
Cinzas (Dir. Larissa Fulana de Tal, Brasil, 2015, 45 min, Cor)
Afripédia Senegal e Angola (Dir. Teddy Goitom, Etiópia, 2014, 60 min, Cor)
Bate papo com as cineastas Viviane Ferreira e Larissa Fulana de Tal
Sábado, das 14h às 16h30
Auditório (128 lugares)
Não recomendado para menores de 12
Grátis | Retirada de ingressos com 1 hora de antecedência na Central de Atendimento

Dia 21
Carolina (Dir. Jeferson De, Brasil, 2003, 14 min, Cor)
Preço do Perdão (Dir. Mansour Sora Wade, Senegal, 2001, 90 min, Cor)
Bate Papo com o cineasta Jefferson De
Sábado, das 14h às 16h30
Auditório (128 lugares)
Não recomendado para menores de 12 anos
Grátis | Retirada de ingressos com 1 hora de antecedência na Central de Atendimento

Dia 28
Hoje é Dia de Jerusa (Dir. Viviane Ferreira, Brasil, 2014, 20 min, Cor)
Gênesis (Dir. Cheick Oumar Sissoko, Mali, 1999, 102 min, Cor)
Bate papo com a cineasta Viviane Ferreira
28/11, sábado, das 14h às 16h30
Auditório (128 lugares)
Não recomendado para menores de 10 anos
Grátis | Retirada de ingressos com 1 hora de antecedência na Central de Atendimento

MÚSICA

Ba Kimbuta
Dia 8, domingo, às 16h30
Praça de Eventos (250 pessoas)
Livre
Grátis

Anelis Assumpção
Dias 12 e 13, quinta e sexta-feira, às 20h30
Auditório (128 lugares)
Não recomendado para menores de 12
R$ 20,00. R$ 10,00 (Meia-entrada). R$ 6,00 (Credencial Plena)
Venda de ingresso online a partir de3/11, às 16h e nas bilheterias a partir de4/11, às 17h30.

Carlos Dafé
Dia 20, sexta-feira, às 16h (Feriado)
Praça de Eventos (250 pessoas)
Livre
Grátis

Batucada Tamarindo
Dia 21, sábado, às 17h30
Praça de Eventos (250 pessoas)
Livre
Grátis

Congada do Parque São Bernardo – Com Mestre Ditinho
Dia 22, domingo, às 13h30
Praça de Eventos (250 pessoas)
Livre
Grátis

Bukassa e Banda Mutoto
Dia 29, domingo, às 13h30
Praça de Eventos (250 pessoas)
Livre
Grátis

Ensino de Música Para Educadores
Oficina Jogos e Brincadeiras de Moçambique
Com Lenna Bahule
De 11 a 25/11, quartas-feiras, das19h30 às 21h30
Sala 3, 6º Andar Torre A
Acima de 16 anos
30 vagas
R$ 40,00. R$ 20,00 (meia). R$ 12,00 (Credencial Plena)
Inscrições na Central de Atendimento, a partir de 20/10 (Credencial Plena) ou27/10 (outros)

DANÇA

Yebo
Com Gumboot Dance Brasil
Dias 7/11 e 19/12, sábados, 17h
Praça de Eventos (250 pessoas)
Livre
Grátis

Vivência de Dança Africana
Com Flávia Mazal
Dia 14, sábado, às 15h
Praça de Eventos (250 pessoas)
Livre
Grátis

Workshop com Gumboot Dance Brasil
Dia 27, sexta-feira, das 19h às 20h
Sala Corpo & Artes
80 vagas
Inscrições na Central de Atendimento, a partir de 27/10
Livre
Grátis

Macumba Jam Encontro Aberto de Música e Dança
Com a Cia. Treme Terra
Praça de Eventos (250 pessoas)
Dia 29, domingo, das 16h30 às 18h30
Livre
Grátis

ARTES VISUAIS

A Representação do Negro nas Artes Visuais
Com Juliana dos Santos
De 17/11 a 08/12, terças, das 19h às 22h
Espaço de Tecnologias e Artes
20 vagas
Inscrições na Central de Atendimento, a partir de 27/10
Acima de 16 anos.
R$ 17,00. R$ 8,50 (Meia-entrada). R$ 5,00 (Credencial Plena)

INTERGERAÇÕES

Bonecas Abayomi
Com Katia Silva e Robson Oliveira
Dias 14 e 15, sábado e domingo, às 11he às 14h
Sala Corpo & Artes (dia 14)
Sala 3, 6º Andar Torre A (dia 15)
Livre
Grátis | Retirada de ingressos com 1 hora de antecedência, na Central de Atendimento

CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS

Luana e as Sementes de Zumbi
Com Oswaldo Faustino
De 21/11 a 19/12, sábados, às 15h30
Foyer (60 pessoas)
Livre
Grátis

ATIVIDADE FÍSICA

Capoeira e Maculelê
Com Associação Casa Grande e Senzala
Dia 7, 8 e 21/11 e 5/12, sábados, às 14h domingo, às 16h
Praça de Eventos (250 pessoas)
Livre
Grátis

LITERATURA

Clube de Leitura
Ualalapi, de Ungulani Ba Ka Khosa
Dia 26, quinta, das 15h às 17h
Sala 2, 5º Andar Torre A
Acima de 14 anos
Grátis

Ingresso:Meia-entrada(aposentado, pessoa com maisde 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor de escola pública comcomprovante) lCredencial Plena (trabalhadordo comércio de bens, serviços e turismo matriculados no Sesc edependentes).

Bilheteria: Terça a sexta-feira, das 9h às 21h30sábado, das 10h às 21h domingo e feriado, das 10h às 18h30(ingressos à vendaem todas as unidades doSesc).

Central de Atendimento: Terça a sexta-feira, das 9h às 21h30sábado, domingo e feriado, das 10h às 18h30.

Horário de funcionamento da unidade:Terça a sexta, das 7h às 21h30 sábado, das 9h às 21h e domingo eferiado, das9h às 18h30.

Estacionamento: R$ 4,50 a primeira hora +R$ 1,50 a hora adicional (Credencial Plena: trabalhador no comércio de bens,serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes). R$ 10 a primeirahora +R$ 2,50 a hora adicional (outros). 200 vagas.

Sesc Vila Mariana
Rua Pelotas,141, São Paulo – SP
Informações:5080-3000
sescsp.org.br
Facebook,Twitter e Instagram:/sescvilamariana

 

 

 
Autor: Assessoria de Imprensa