Retrospectiva 2018: Lucelia Sergio foi a melhor atriz; Chico Carvalho, o melhor ator

No teatro, 'Navalha na Carne Negra', do diretor José Fernando Peixoto, foi um dos maiores destaques

0
1850
Cena de 'Navalha na Carne Negra' Foto: Navalha na Carne Negra

Neste ano marcado pelos debates sobre representatividade e diversidade, o dispositivo cênico do diretor José Fernando Peixoto de Azevedo deu outro significado a um texto emblemático (icônico?) de Plínio Marcos, pelo simples fato de haver feito uma ‘Navalha na Carne ‘Negra”. Simples? Adicionando recursos de audiovisual à potência da encenação, e das palavras, a montagem ultrapassou tudo o mais que foi dado ver no palco de São Paulo em 2018. Houve grandes intérpretes de Neusa Sueli – a mítica Tônia Carrero, no teatro; a visceral Glauce Rocha, no cinema. Mas Como Lucelia Sergio, a melhor atriz do ano, nunca houve outra.

Se houve uma melhor atriz, é justo que se selecione o melhor ator, e foi Chico Carvalho, o Nada, na releitura do texto de Albert Camus, ‘Estado de Sítio’, por Gabriel Villela. Cádiz, na Espanha. A cidade assolada pela peste (do franquismo?) aguarda o cometa, que a autoridade quer apagar do firmamento. O mais barroco dos grandes diretores de teatro brasileiros faz sua montagem mais sombria – gótica? – para refletir, não propriamente sobre a Espanha dos anos 1940, mas sobre o estado do Brasil em 2018. O mundo é absurdo, e o importante, o necessário, é como reagimos ao absurdo. Gabriel Villela fez um espetáculo de visual deslumbrante, oposto ao despojamento do cenário e do figurino de ‘Navalha na Carne Negra’. Duas grandes vias possíveis para um teatro crítico e autoral.

Direitos das mulheres, dos negros, das trans, mas e os dos homens? Neste ano tão rico para iniciativas alternativas e/ou marginais nos palcos paulistanos, a diretora Bia Szvat, trabalhando sobre a dramaturgia de Flávio Cafiero, reuniu três homens de preto num teatro da Praça Roosevelt para discutir o masculino em 2018. Quem não viu Kiko Pissolato, Herbert Richers Jr. e Anderson di Rizzi perdeu um dos mais instigantes espetáculos da temporada.