Morre a cantora e atriz Edyr de Castro, ex-integrante do grupo As Frenéticas

Ela estava com 72 anos e vivia no Retiro dos Artistas, no Rio de Janeiro

0
1438

Morreu nesta terça-feira (15/1) a cantora Edyr de Castro, aos 72 anos. Ela fazia parte do grupo As Frenéticas, sucesso entre os anos 1970 e 1980.

Edyr lutava contra o Alzheimer a pelo menos dez anos e vivia em uma casa de acolhida para artistas no Rio de Janeiro, o Retiro dos Artistas. A causa da morte divulgada foi falência múltipla dos órgãos.

Edyr no Retiro dos Artistas

Edyr também fez carreira no Teatro e na TV, chegando a atuar em algumas minisséries televisivas, como Anos rebeldes (1992) e Chiquinha Gonzaga (1999) , além das novelas Agora é que são elas (2003), Cabocla (2004) e Sinhá moça (2006).

As informações são da coluna ‘Notícias da TV’, do jornalista Daniel Castro, do site Uol e do site www.uai.com.br