‘Lama’, que critica tragédia de Mariana, volta ao teatro com protestos sobre Brumadinho

0
1557

Depois do desastre em Brumadinho, o espetáculo LAMA, do qual fiz a dramaturgia, junto com o Grupo Teatro Andante, sobre a tragédia de Mariana, se torna ainda mais atual e necessário, afirma Guiomar Grammont (dramaturgia e texto).

Inspirado no rompimento da Barragem de Fundão em Mariana, o espetáculo/documentário LAMA mistura realidade e ficção para falar, de forma comovente, dessa história que não pode ser esquecida. Diversas linguagens cênicas e recursos audiovisuais, fazem de LAMA uma obra inovadora e criativa, dinâmica e poética, que reflete sobre o maior desastre ambiental da história do Brasil e um dos maiores do mundo.

Construído em diálogo criativo com importantes artistas de diversas áreas, o espetáculo LAMA experimenta uma nova linguagem para o grupo, que une movimento, composição, sonoridade, vídeo e texto, com uma abordagem dramatúrgica documental e contemporânea. Ousamos em reunir pessoas distintas em torno de um projeto de espetáculo.

Alguns desses artistas já faziam parte da história do Andante, como Tarcísio Ramos Homem, que contribui na construção da dramaturgia do movimento cênico, equalizando a linguagem corporal dos atores durante a peça, e Guiomar de Grammont (dramaturgia e texto), que trouxe a questão da memória para o espetáculo, além de aproximar ainda mais os atores do local da tragédia.

Eles compuseram seus trabalhos com outros que tínhamos o desejo de trabalhar: Ricardo Alves Junior, que direciona no espetáculo o ´olhar da câmera; Sérgio Pererê, que nos contaminou com a sonoridade ancestral e Cláudio Dias, que foi responsável pelo arcabouço do espetáculo, levantando com o grupo os primeiros materiais que estão ramificados por toda a obra.

Site: http://www.teatroandante.com.br

Autor: Guiomar de Grammont e Grupo Teatro Andante

Diretor: Marcelo Bones

Produtor: Grupo Teatro Andante

Elenco: Ângela Mourão Bruna Sobreira Thiago Amador

Serviço:

Campanha de Popularização do Teatro:
De 14 a 24 de fevereiro, de quinta a domingo, sempre às 20hs, na Funarte (Rua Januária, 68 – Centro)
Debates e ações políticas durante a temporada. Fiquem ligados!
Garantam já seus ingressos: R$15,00 nos postos de venda ou pelo site www.vaaoteatromg.com.br