segundaPRETA inicia a 7ª temporada abrindo sua programação de 2019

Programação acontece no teatro espanca! de 18 de março a 22 de abril, a homenageada dessa edição é Mazza Rodrigues

0
645
Abena - Foto: Pablo Bernardo

A 7ª temporada da segundaPRETA começa no dia 18 de março e vai até o dia 22 de abril, sempre às 20 horas, a cada segunda-feira, no teatro espanca!. A abertura da programação será com duas performances: Como falar de coisas invisíveis? (nome provisório) deVal Souza, de São Paulo (SP) e Camada sobre Camada – Corpo Emergente de Rener Oliveira, de Salvador (BA).

No trabalho, a performer Val Souza faz uma palestra-performance a partir de discursos que abordam questões de gênero, raça e classe. Já, Rener Oliveira, que tem um trabalho de pesquisa em Dança, traz provocações sobre como se dá um movimento do corpo diante de memórias que estão no presente e que foram experienciadas no passado.

Até o final da temporada também serão apresentados os trabalhos: TálamoL3n1r4 (lenira)Repertório N.1Dor vestidaMulheres negras também choramHidrostáticaExiste muita coisa que não te disseram na escolaFeijoada da ClementinaBotando o mundo inteiro pra gozar e sem gozo nenhum e Clandestyna – O Parto(Sinopses e mais detalhes seguem na programação completa disponível no documento anexo)

A bilheteria da segundaPRETA abre uma hora antes do início das apresentações. Os ingressos têm preços populares (R$ 10,00 e R$ 5,00). Moradores localizados fora dos limites da avenida do Contorno pagam meia-entrada.

Na calçada em frente ao teatro, o projeto recebe empreendedores negros para comercializar seus produtos, ocupam o espaço a Arte de Maria, Livraria Bantu, Tapioca D’LU e Kitutu-Gourmet.

segundaPRETINHA apresenta Abena da Cia Bando

A segundaPRETINHA surgiu para promover um diálogo mais direto com público infantojuvenil. O intuito é que os trabalhos dialoguem com o público de todas as idades. A iniciativa começou na terceira temporada da segundaPRETA com a apresentação de Abena da Cia Bando, que será reapresentado na 7ª temporada.

Um espetáculo de contação de histórias para todas as idades, que une também teatro e música, e por se tratar de uma história mitológica, explica valores de outras culturas que não são conhecidos, além de divertir e encantar.

Na história, a princesa Abena que é considerada uma mulher belíssima, ressalta todas as características de sua etnia, e estabelecendo um diálogo com o contexto brasileiro, é uma forma de falar de África e consequentemente reforçar a identidade negra no Brasil, revelando toda sua beleza. Trata-se ainda de uma grande aventura, onde fogo e chuva disputam pela mão da princesa, que já está apaixonada por um de seus pretendentes.

O local e horário da apresentação ainda não estão definidos.

segundaPRETA homenageia Mazza Rodrigues

Como em todas as suas edições, a segundaPRETA prestará novamente homenagem a uma mulher negra viva. Durante essa temporada, a escolhida foi a Maria Mazarello Rodrigues, a fundadora da Mazza Edições.

Mazza Rodrigues é uma figura fundamental para a literatura brasileira. Ela investiu na publicação de autores / autoras negro(a)s e de livros que abordam os diversos aspectos da cultura afro-brasileira relacionada, por sua vez, a um largo segmento das populações excluídas no Brasil. No tocante a essa temática, sua editora se tornou referência nacional e internacional, na medida em que contribui para os debates acerca da diversidade sociocultural de nosso país.

Até a sexta temporada, já foram homenageadas da segundaPRETA, a atriz carioca Ruth de Souza, a multiartista Zora Santos, a poetisa e ensaísta Leda Maria Martins, a escritora mineira Ana Maria Gonçalves, a escritora Conceição Evaristo e a capitã de Massambique Pedrina de Lourdes Santos.

segundaPRETA

A segundaPRETA é um movimento-território-quilombo. É um pensamento.  A segundaPRETA nasce numa segunda-feira de Exú. Exu é o princípio de  tudo, é fio desencapado da força da criação, o nascimento, a célula  mater da geração da vida, o que gera o infinito, infinita vezes. É considerado o primeiro, o primogênito; responsável e grande mestre dos  caminhos; o que permite a passagem, o inicio de tudo. Exú é a força natural viva que fomenta o crescimento. É o primeiro passo em tudo. Vem daí a ideia de ter a segunda-feira como ponto de partida para a experimentação, criação, reflexão e discussão sobre o que os artistas negros da cidade estão pensando, produzindo, propondo, compartilhando com o público.

Desde que iniciou suas atividades em 16 de janeiro de 2017, já passaram pelo palco da segundaPRETA 72 espetáculos/cenas curtas/performances/experimentos cênicos, que atraíram um público de cerca de 3 mil pessoas. A bateçao de laje para realização do projeto contou com quase 400 pessoas, entre equipe de produção, parcerias da calçada da fama, equipe dos trabalhos artísticos apresentados e colaboradores em geral.

Além da movimentação das temporadas, a segundaPRETA também realiza atividades de entre-temporadas, como o cinemaPRETO, e documenta as atividades realizadas no projeto com o cadernoPRETO.

Programação Resumida da 7ª Temporada da segundaPRETA

 

18 de março

Como falar de coisas invisíveis? (nome provisório)

Performance (conversa-palestra)

Val Souza (São Paulo – SP)

Camada sobre Camada – Corpo Emergente

Performance

Rener Oliveira (Salvador – BA)

25 de março

L3n1r4 (lenira)

Performance

Rastros de Diógenes (Rio de Janeiro – RJ)

Dor vestida

Experimento cênico

Juhlia Santos (Belo Horizonte – MG)

1º de abril

Hidrostática

Experimento Cênico – Solo de Dança

Flaviane Lopes (Belo Horizonte)

Tálamo

Performance

Maria Macêdo (Juazeiro do Norte – CE)

7 de abril – segundaPRETINHA

Abena

Espetáculo

Cia. Bando (Belo Horizonte – MG)

8 de abril

Repertório N.1

Cena curta – Dança

Davi Pontes (São Gonçalo – RJ)

Botando o mundo inteiro pra gozar e sem gozo nenhum

Experimento Cênico

Karla Ribeiro (São Paulo – SP / Ouro Preto – MG)

 

15 de abril

Feijoada da Clementina

Experimento cênico

Meibe Rodrigues (Belo Horizonte – MG)

Clandestyna – O Parto

Experimento Cênico

Duca Caldeira e Bruna Andrade (Nova Iguaçu – RJ)

22 de abril

Mulheres negras também choram

Experimento cênico

2z (Belo Horizonte – MG)

Existe muita coisa que não te disseram na escola

Cena Curta

Coletivo 171 (São Luís – MA)

SERVIÇO

O quê: segunda PRETA | 7ª temporada

Quando: Toda segunda-feira 18 de março a 22 de abril, sempre às 20 horas, e domingo, 7 de abril (segundaPRETINHA)

Onde: Teatro Espanca! (rua Aarão Reis, 542, centro)

Ingressos: R$ 10 (inteira), R$ 5,00 (meia). Moradores de fora dos limites da Avenida do Contorno pagam meia-entrada.

Mais informações: www.segundapreta.com | https://www.facebook.com/segundapreta/