Homem negro conta que se emocionou ao encontrar pela primeira vez curativo no seu tom de pele

'Estou segurando lágrimas de verdade', escreveu Dominique Apollon, que é vice-presidente de pesquisa de justiça racial da organização Race Forward

0
2267
Dominique Apollon mostra o curativo em tom de pele negra Foto: Reprodução/ Twitter ApollonTweets

Dominique Apollon, vice-presidente de pesquisa de justiça racial da organização Race Forward, compartilhou no Twitter uma foto do seu dedo machucado em 19 de abril. Desde então, a publicação está viralizando e se tornando notícia, mas o motivo não é o ferimento e sim a comemoração de Dominique sobre o curativo que está usando.

“Levou-me 45 viagens ao redor do sol, mas pela primeira vez na minha vida eu sei o que se sente quando se tem “Band-Aid” no meu próprio tom de pele. Você mal pode identificá-lo na primeira imagem. Estou segurando lágrimas de verdade”, escreveu Apollon.

Após a repercussão, ele ressaltou que o objetivo de seu tuíte foi falar sobre representatividade. “Não é sobre uma combinação exata de curativo para a pele de todas as pessoas. É sobre pertencer. Inclusão racial. Não é sobre o Band-Aid”, respondeu a um dos comentários.