Campanha ‘Machado de Assis Real’ recria imagem do escritor negro

0
3075

Nos livros de história, há uma foto clássica de Machado de Assis, onde ele aparece branco. A campanha “Machado de Assis Real” recria essa imagem. “Machado de Assis era um homem negro. O racismo o retratou como branco. É hora de reparar essa injustiça”, diz o texto da iniciativa.

A campanha foi realizada pela Faculdade Zumbi dos Palmares. No site, é possível baixar a nova imagem, com a sugestão de colar no lugar da antiga. O projeto explica: “O racismo no Brasil escondeu quem ele era por séculos. Sua foto oficial, reproduzida até hoje, muda a cor da sua pele, distorce seus traços e rejeita sua verdadeira origem.”

“Machado de Assis foi embranquecido para ser reconhecido. Infelizmente. Um absurdo que mancha a história do país. Uma injustiça que fere a comunidade negra. Já passou da hora de esse erro ser corrigido. No mês do Dia Mundial do Livro e do Direito do Autor, finalmente, será.”

De acordo com a campanha, a errata foi feita para impedir que o racismo seja perpetuado na literatura e para encorajar novos escritores negros,  dando chance da sociedade se retratar com o maior autor do Brasil.

“Para que todas as gerações reconheçam a pessoa genial e negra que ele foi. Que cada estante deste país possa ter um livro de Machado de Assis corrigido. A história agradece”, diz o manifesto.

Conheça o site da iniciativa e baixe a foto. É um exercício importante para fazer com as crianças!