Cristiane agradece apoio da torcida e diz que vitória renova confiança da seleção

Atacante atinge marca importante pela equipe e vê 'vitória pessoal' após superar depressão

0
2820
A atacante Cristiane destacou a confiança que a boa vitória sobre a Jamaica dá para a seleção brasileira no restante da competição Foto: Guillaume Horcajuelo/EFE

Após marcar os três gols da vitória do Brasil sobre a Jamaica, na estreia no Mundial da França, a atacante Cristiane destacou a confiança que o triunfo traz para o restante da competição e disse que está feliz por ter sido eleita pelos torcedores como a melhor jogadora da partida.

“Estou muito feliz, você não tem ideia. Quem me acompanhou sabe da dificuldade que tive, as lesões… É o máximo que podia contribuir. Hoje sou eu, amanhã é outra menina. É assim que tem que ser”, disse ainda na beira de campo. Com os três gols, Cristiane se isolou como terceira maior goleadora da equipe nacional na história da competição, com dez tentos. Ela deixou Sissi, com sete, para trás, e agora só está atrás de Marta, que tem 15 e só não jogou contra as jamaicanas por estar se recuperando de lesão.

Na coletiva pós-jogo, a atacante falou mais sobre sua atuação e como ela traz confiança para a seleção após a sequência de nove derrotas consecutivas antes do Mundial. “Sem dúvida, a confiança é muito grande, deixamos bem claro que o passado ficou atrás. Sabemos dos erros que cometemos, não somos bobas de esconder o que aconteceu”, pontuou a jogadora do São Paulo. “Tem que ficar esperto, não dá para bobear. Na Copa do Mundo, é um jogo diferente do outro.”

E Cristiane fez essa ótima estreia depois de ter passado por momentos difíceis em sua carreira — ela chegou a enfrentar até uma depressão depois de se lesionar durante os Jogos Olímpicos do Rio, em 2016.

“Era uma dúvida também se eu conseguiria me recuperar para a Copa do Mundo. Acho que é uma vitória pessoal muito grande, por tudo que passei. Estou explodindo de felicidade. Hoje foi o momento da volta por cima. Poder ajudar as meninas é o mais importante”, comemorou a jogadora de 34 anos, que participa do seu sexto Mundial.

A atacante Andressa Alves destacou a declaração de Cristiane, ressaltando a importância da liderança da artilheira e agradecendo o apoio recebido após perder um pênalti no primeiro tempo. “(Ela disse) para eu não desanimar. Na jogada do outro gol dela, eu cruzei e ela acabou marcando. Fiquei muito chateada, sou a batedora oficial. Nos treinos estava dando tudo certo, mas acabei errando”, afirmou a jogadora. “Ela falou: ‘Vamos continuar, a gente precisa de você’. Acabou que deu tudo certo, ainda bem que ela fez os três gols e não precisamos do pênalti.”

Andressa também ressaltou a importância de conseguir uma vitória boa antes de uma partida complicada, contra a forte seleção da Austrália. “Com certeza, depois da sequência ruim, ganhar jogando bem dá uma confiança muito importante. Contra a Austrália vai ser complicado, o jogo da classificação”, completou a jogadora do Barcelona.

A goleira Bárbara foi outra que exaltou o peso do triunfo sobre as jamaicanas. “Essa vitória foi primordial para a gente, até mesmo para dar um ânimo, levantar a nossa confiança. Trabalhamos bastante nesse período de preparação para a Copa (do Mundo), e foi primordial para que a gente chegasse aqui e conseguisse executar tudo o que a gente treinou”, disse a atleta.

O Brasil entra em campo novamente pelo Mundial na próxima quinta-feira, 13, às 13h, contra a Austrália, em jogo que pode garantir a classificação antecipada para a fase eliminatória.