Bira, músico do programa de Jô Soares, morre aos 85 anos

Ubirajara Penacho dos Reis, o Bira, estava internado em São Paulo desde a sexta-feira, 20, após ter sofrido um AVC; amigos e artistas lamentam a morte de Bira

0
169
Bira, baixista do sexteto do Programa do Jô Foto: Carol Carminha / Gshow

Morreu na manhã deste domingo, 22, Ubirajara Penacho dos Reis, o Bira, baixista do Sexteto de Jô Soares.  O músico, de 85 anos, estava internado no Hospital Sancta Maggiore, na Mooca, zona leste de São Paulo, desde a última sexta-feira, 20, após ter sofrido um AVC.

Baiano, natural de Salvador, Ubirajara foi um dos integrantes da banda Sexteto, que acompanhou o apresentador Jô Soares em seus programas na TV Globo (Programa do Jô), e também no SBT (Jô Soares Onze e Meia). Ao todo, a parceria deles durou 29 anos.

Aberto ao público, o velório teve início às 17h e iria até as 22h, quando o corpo do baixista seguiria para o Crematório da Vila Alpina. Bira deixa mulher, quatro filhos e netos. Durante o velório, o filho mais novo do músico, o publicitário David Reis, de 39 anos, revelou que o pai estava lúcido durante a internação, mas o estado que já era delicado piorou após Bira enfrentar uma pneumonia. “Foi tudo muito rápido. Ele teve o AVC no dia 13. Preservamos muito a informação. Mesmo ele sendo uma figura pública, não queríamos expor. Recebi muitas mensagens de amigos, companheiros e colegas, e vi muitas homenagens de amigos de profissão, do mundo artístico, muita gente de quem sou fã prestando homenagem ao meu pai. Agradeço também por todo esse reconhecimento. Meu pai, com certeza, está muito feliz pelos amigos que tem”, informou ainda David.

gargalhada contagiante era a marca registrada do músico que, em 2000, junto com o Sexteto e também Jô Soares, lançou um disco ao vivo de jazz.

Assim que a morte de Bira foi confirmada, começaram a surgir depoimentos e homenagens ao baixista nas redes sociais. Pelo Instagram, Jô Soares declarou: “É com muito pesar que comunicamos o falecimento do músico Ubirajara (Bira). Um acontecimento extremamente triste. Vá em paz e descanse deste mundo. Estejamos em oração”.

O Esporte Clube Bahia, time do coração do músico, disse via Twitter: “Bira Bora, Bira! Jamais esqueceremos de você. O músico baiano e tricolor do famoso Sexteto de Jô Soares ganhou os céus. Descanse em paz”.

O ator e humorista Marcelo Adnet postou: “Gargalhada mais contagiante da TV. Grande Bira!”.

“Triste. Muito triste com a morte do Bira. A risada solta do programa do Jô. Um ótimo amigo de todos amava a música e o Corinthians. Ficam meus sentimentos à família. Fica em paz Bira”, afirmou o apresentador Serginho Groisman que ainda recordou o eterno bom humor do baixista.

Emocionado, o músico Nando Reis lembrou: “Nas inúmeras vezes que fiz o Programa do Jô, Bira era aquele ponto para onde meus olhos desviavam. Sua alegria contagiante era fundamental para quebrar o nervosismo que sempre toma conta de mim quando tenho que fazer TV. Sua risada inconfundível era uma marca do programa”.

O ator e humorista Lúcio Mauro Filho também se pronunciou sobre a morte de Bira: “Baiano que conquistou o Brasil com sua cara séria que durava 3 segundos e explodia numa gargalhada inesquecível”.

Amigos e artistas lamentam a morte do músico Bira