Erika Hilton: “Precisamos garantir que negros ocupem altos cargos”

A codeputada estadual de São Paulo analisa as perspectivas no campo da diversidade para 2020

0
53
CODEPUTADA ESTADUAL ERIKA HILTON. FOTO: RAVI SANTANA.

2019 foi um ano preocupante (no mínimo) para a questão da diversidade. Diversos ataques ocorreram com os grupos considerados minorias pelo Estado com fim de políticas públicas, censuras e outras várias coisas. Mas também foi um ano de muita luta e resistência. Uma personagem foi a deputada estadual de São Paulo, Erika Hilton.

A integrante da Bancada Ativista da Alesp é mulher, negra, trans e conseguiu chegar a um espaço costumeiramente negado a pessoas como ela: a política. Em entrevista a CartaCapital, pra a série em vídeo “2020 em 10 pontos”, a parlamentar comenta as perspectivas da diversidade em 2020 no Brasil. “A universidade não se preocupa com nosso histórico racista. Precisamos garantir a ocupação do negro após a faculdade”, afirma a deputada.

Cotas, trans no esporte, projetos para a população trans, violência contra as mulheres e cenário político foram alguns dos temas tratados com a deputada.

Assista ao vídeo: